Pop Hits

Rádio Click Mix

Current track
TITLE
ARTIST

Background

Cazuza o exagerado completaria 60 anos.

Escrito por em 3 de Abril de 2018

Categoria Notícias

Completaria hoje (4), 60 anos de vida o grande astro do rock n roll brasileiro, Agenor de Miranda Araújo Neto, Cazuza. Cantor e compositor teve seu auge de sucessos na década de 80, nesse período era vocalista, também compositor e letrista para a banda Barão Vermelho, junto com Roberto Frejat. Em 1982 é lançado o primeiro disco da banda onde destacaram-se as músicas, “Bilhetinho Azul”, “Ponto Fraco”, “Down Em Mim” e “Todo Amor Que Houver Nessa Vida”. Logo após o primeiro álbum, Cazuza resolve então seguir carreira solo, sendo considerado pela crítica como o poeta da música brasileira.

Em 1985 Cazuza lança seu primeiro álbum solo, ”Exagerado”. Em 1986 gravou seu segundo álbum que foi lançado no ano seguinte, 1987 com as músicas, “Só Se For A Dois”, “O Nosso Amor A Gente Inventa”, “Solidão Que Nada” e “Ritual”. No mesmo ano foi descoberto que era soropositivo.

Em 1988 com o álbum Ideologia, incluiu as músicas “Ideologia”, “Brasil” e “Faz Parte Do Meu Show”.

Em 1989 a faixa “O Tempo Não Para” tornou-se um de seus maiores sucessos onde também foram destacadas as músicas, “Todo Amor Que Houver Nessa Vida”, “Codinome Beija-Flor” e “Faz Parte Do Meu Show”, esse álbum tornou-se comercial e grande campeão de vendas com mais de 500 mil copias.

No mesmo ano, 1989 lançou seu último disco, ”Burguesia”, com disco duplo Cazuza traz o primeiro disco com muito rock brasileiro e o segundo com obras em MPB.

Em 7 de julho de 1990 morre Cazuza aos 32 anos, que teve sua carreira curta de uma década de sucesso e que deixou como legado a ideologia de ser exagerado, com 126 canções gravadas por ele, com 78 músicas inéditas e 34 canções interpretadas por outros cantores.

Video do artista:
Site do artista: http://cazuza.com.br


Opiniões do leitor

Deixe uma resposta

Seu endereço de e-mail não será publicadoOs campos obrigatórios estão marcados com *